O que é vinho orgânico, biodinâmico, natural e sustentável?

Que tal uma aula sobre vinhos orgânicos, biodinâmicos, naturais e sustentáveis?

Qual será a real diferença entre eles?

Conversamos com a Ariadne Paes, da loja online Original Wine e também Professora do Curso de Sommelier do SENAC/São José dos Campos e ela nos explica abaixo tudo esses vinhos, que, segundo ela, são “vinhos de verdade”!

Então vamos lá:

O que é Vinho Orgânico?

Seguindo a tendência dos alimentos e de outros produtos, os vinhos orgânicos estão em alta devido ao crescente interesse dos consumidores preocupados com a saúde e com a natureza. Dizer “vinho orgânico” é apenas uma forma prática de identificá-los porém quem realmente recebe a classificação orgânica é o vinhedo e as uvas.

Contudo, no vinhedo orgânico o vinho é feito com uvas que não tiveram contato com agrotóxicos como pesticidas, herbicidas e fertilizantes sintéticos. Utilizam apenas produtos naturais contra pragas e a prioridade é a saúde do solo. Aliás, solos ricos em materiais orgânicos e com sua biodiversidade preservada são vivos, duradouros e capazes de prover nutrientes complexos às videiras. Resumindo, o cultivo orgânico mantém a sanidade do terreno, das uvas e consequentemente do vinho.

É uma das práticas mais comuns e viáveis atualmente. De certa forma o cultivo orgânico é uma volta ao passado antes da agricultura baseada em agrotóxicos ser implementada após a Segunda Guerra Mundial.  A adição de sulfitos na vinificação também é controlada e cada país tem um limite. Contudo, os “vinhos orgânicos” podem ter origem em um vinhedo orgânico e/ou uma vinificação orgânica.

O que é um Vinho Biodinâmico?

A biodinâmica no vinhedo parte do cultivo orgânico das uvas e vai além. A ideia é tornar a vinha uma operação biologicamente ativa e auto sustentável. Baseados nos ensinamentos do filósofo alemão Rudolph Steiner, esses produtores procuram trabalhar em sintonia com os ritmos naturais da terra e movimento dos astros. O conceito é ver a agricultura como um sistema interconectado e parte de um fluxo de energia. O plantio, poda e colheita são todos feitos sem pesticidas, herbicidas e de acordo com as fases da lua e estações do ano.

Os viticultores que adotam a biodinâmica afirmam que suas vinhas são mais saudáveis ​​e mais produtivas. Cultivam as uvas contrariando a monocultura e integrando a videira ao meio ambiente onde tudo e todos vivem em harmonia. Assim como as marés as plantas também têm seus ciclos determinados pelos ritmos da natureza, que quando respeitados geram plantas e frutos mais saudáveis.

A elaboração do vinho também requer cuidados especiais como obter a fermentação apenas com leveduras da própria uva e o homem deve intervir apenas quando necessário e de maneira consciente.

A filosofia é muito interessante e coerente e os vinhedos biodinâmicos podem ter um selo de certificação cedido pelo instituto responsável que é o Demeter International. Basicamente se a uva é saudável e equilibrada fará um vinho saudável e equilibrado. Simples assim!

O que é Vinho Natural?

O princípio do vinho natural é fazê-lo com a mínima intervenção humana onde o vinhateiro é apenas o condutor do processo. Mas o termo natural se refere à vinificação sendo que o cultivo de suas uvas pode ser orgânico ou biodinâmico. As uvas são colhidas manualmente e não sofrem manipulação grosseira. As leveduras são selvagens, não fazem tratamentos químicos na videira nem no vinho, não adicionam insumos enológicos para cor e aromas e a filtração é baixa ou inexistente. Não utilizam práticas como correção de acidez, cones de fiação para remoção do álcool, micro-oxigenação para acelerar o envelhecimento nem chaptalização. Sem ajustes, o vinho é original e único.

Mas o processo de vinificação depende da natureza e da sensibilidade do produtor, e quando ele é responsável e competente seu vinho se torna a expressão genuína do terroir e de si mesmo.

Esses vinhos seguem seu curso naturalmente e se afastam dos estilos homogêneos e da falta de individualidade. A maioria dessas garrafas são bem diferentes das encontradas nas lojas ou supermercados por aí e portanto não se assuste se um dia encontrar vinhos turvos, com colorações e aromas inéditos. Aliás, nada aqui é “fake” nem maquiado e as características únicas de cada garrafa são puro charme. Esse personalidade única é apaixonante.

O que é Vinho Sustentável?

A sustentabilidade na vitivinicultura diz respeito a práticas ecologicamente corretas, economicamente viáveis e socialmente responsáveis, ou seja, pretende aliar o desenvolvimento econômico e social com a correta utilização do meio ambiente e assim nortear as atividades comerciais.

Os viticultores que praticam a sustentabilidade priorizam a preservação do meio ambiente dentro de sua propriedade, conservando a água e a energia utilizando sempre recursos renováveis.

Sustentabilidade é hoje a grande tendência mundial, ou seja, uma prática que realmente pode fazer a diferença. Enquanto os vinhos orgânicos/biodinâmicos/naturais pertencem a nichos economicamente mais restritos e pouco abrangentes em suas práticas, a sustentabilidade permite a produção de vinhos com preços mais acessíveis ainda mantendo a preocupação com futuro do meio ambiente e com a população do planeta.


Leia mais: Aula gratuita sobre vinhos: 5 Passos para escolher os seus e nunca mais passar vergonha!


Vinhos Original Wine

 

Vinhos Naturais 

VOLANDERA GARNACHA 2015
Alternativo como o rótulo, esse é daqueles vinhos que marcam nossas vidas. “Volandera” é o nome de uma erva-daninha da região de Navarra e, como seu cultivo é orgânico, os vinhedos de La Calandria são dos poucos que têm essa planta. Nesse projeto, os amigos Luis e Javier decidiram resgatar a uva Garnacha de uma forma pura, sem a “máscara” da madeira. Elaborado por maceração carbônica o vinho surpreende por não espetar nossa língua com aquelas “agulinhas” comuns nos vinhos elaborados desta forma. 100% Garnacha e esse é o segredo que faz a diferença. Cor impossível de imitar. Frutado e encantador. Fresco com taninos discretos. Equilibrado e refrescante. Um vinho com uma personalidade jovem e vibrante para beber de “guti guti”. Ah! Único até na garrafa que é lindona e pode ser usada depois que ele acabar. Compre aqui.
 .
Todos os rótulos da Cacique Maravilla são uma maravilha! Vinhos realmente especiais, verdadeiras raridades. Este litrão fez nosso coração bater mais forte. Um vinho para você surpreender seu paladar, então se prepare! Nos leva à França, mais precisamente à região dos vinho exóticos do Jura, onde Louis Pasteur nasceu e iniciou seus estudos sobre o suco de uva fermentado. Exuberante como a poulsard, a país é realmente uma uva surpreendente. Com pouca extração de cor mas ao mesmo tempo complexo e rústico este é um tinto cheio de personalidade. A uva País, originária das Ilhas Canárias, onde é chamada de Listán Prieto, foi trazida para a América pelos colonizadores e ficou conhecida na Argentina como Criolla Chica. Só nos últimos anos que o Chile iniciou um maior desenvolvimento da País. Com uma graduação alcoólica baixinha, taninos discretos, toques ferrosos evidentes que lembram até carne. Entra de forma suave, dá uma amarradinha na boca e por fim pede outro gole. O vinho não é filtrado, o que o torna hipnotizante. E o melhor: Vem numa garrafa de um litro!
Garanta o seu e aprecie com uma carne mal passada ou uma massa com molho vermelho. Tome levemente gelado, assim você sentirá toda a magia. #ficaadica Compre aqui.

Vinhos Orgânicos 

Onde nasceu o primeiro vinho espumante do mundo? Você pensou em Champagne? Então, foi em Limoux, Languedoc-Roussilion no sudoeste francês. Isso mesmo!!!! Nessa região são plantadas as tradicionais brancas como Chardonnay, Chenin Blanc e a nativa Mauzac. Ali, muito antes de Champagne se tornar uma região produtora por excelência, o mundo conhecia o espumante. E existem documentos que em 1544 o Sr. Arques pediu Blanquette para celebrar suas vitórias e que em 1584 o Duque de Joyeuse também brindou com Blanquette. Mas o principal deles, um documento de 1794 reconhece a bebida em todo o país como Blanquette de Limoux. Este vinho entra na categoria dos BLANQUETTE MÉTODO TRADICIONAL, ou seja, espumante feito com no mínimo 90% de Mauzac e os outros 10% divididos entre a Chardonnay e a Chenin Blanc. Fica repousando no mínimo 9 meses em garrafa. Este Blanquette Antech Réserve Brut 2013 é safrado, tem uma coloração dourada e um perlage delicado. Encanta com seus aromas de flores da primavera e frutas do pomar como limão. Em boca é harmonioso, arredondado e bem equilibrado! Ele está pronto mas pode ser guardado por mais 10 anos. Mergulhe no mundo maravilhoso das borbulhas e conheça a essência dos primeiros espumantes do mundo. Compre aqui.
 .
O rótulo encanta e o vinho não é diferente. Feito 100% com as uvas Torrontés Riojana tem uma linda cor amarelo palha com reflexos dourados. Brilhante e límpido com delicados aromas de flores brancas e frutas tropicais como lichia. Um toque cítrico e até herbal surgem enquanto estamos com ele na taça. Com corpo médio, não passa por envelhecimento em barricas. Fresco, seco, dá umas agulhadinhas na língua. Que delícia! Uma excelente escolha para o dia a dia e até pode ser sem acompanhamento se desejar. Um vinho para refrescar, divertir e recomendar. Compre aqui.

Vinhos Biodinâmicos

Aqui está um sedutor tinto da Borgonha. Sua bela coloração rubi, notas de frutas, levemente apimentado e com um pequeno traço de grapefruit nos lembra um Ruchottes-Chambertin. Este vinho tem uma incrível mineralidade vinda do terroir predominantemente de vinhos brancos. Imagine o encanto do toque defumado e herbal. Feito à partir de vinhas de mais de 50 anos na parcela de Les Rosiers, que fica voltada para o Sul, paralela a Irancy. A colheita é completamente manual. A maceração é delicada para extrair a coloração e preservar a fruta. O envelhecimento é feito em barricas de carvalho antigas. É um raro e fascinante vinho! 100% Pinot Noir com seus encantos que tanto amamos. Compre aqui.
 .
Primeira safra desse belíssimo laranja brasileiro de produção pequenina, apenas 230 garrafas e maceração de 8 dias com as cascas. A maturação acontece em tanque de aço inox e depois é engarrafado com as borras. Você precisa conhecer.
A produção é biodinâmica e artesanal. Um vinho muito cítrico com casca de vários limões, flor de manjericão, gengibre, pimenta branca, maracujá azedo e mineral de pedra de rio. Pietra Possamai da Casa Ágora tem seu vinhedo ao lado do da Vinha Unna de Marina Santos e com ela se uniu para vinificar e dividir o trabalho. Esse projeto vizinho estende a parceria aos produtores e trabalhadores locais. A união ali definitivamente faz a força e como ambas não utilizam agrotóxicos, porque não? Pietra Possamai é enóloga e sem dúvida a mais jovem empreendedora da vitivinicultura brasileira. É delas a ideia fantástica do nome “Terroir de Chuva” para ironizar aqueles que dizem não ser possível obter bons vinhos na chuvosa Serra Gaúcha. Pietra consegue utilizar barricas em passagens curtas e bem dosadas. E associada à Naturvin, uma cooperativa que une os produtores de vinhos naturais, a vinícola apresentou em 2015 os seguintes tesouros que temos prazer de te oferecer: Ancelotta, Cabernet Franc e Chardonnay. Ah! E ainda tem o Corte Secreto que você precisa conhecer e desvendar. A vinícola marcou favoravelmente a trajetória dos vinhos naturais nacionais e todos os apreciadores de bons vinhos agradecem. Compre aqui.

Vinhos Sustentáveis

Um excelente tannat elaborado com uvas cultivadas com muito cuidado próximo ao leito do rio Santa Lucia. Um roxo intenso que vem acompanhado da famosa adstringência da Tannat. No entanto, são taninos tão bem resolvidos e carnudos que te fazem querer beber mais, e mais. Fica 8 meses repousando em carvalho francês e desenvolvendo seus aromas de frutas vermelhas maduras que lembram geléia, frutas cristalizadas e especiarias. Desde 1986, a Antigua Bodega Stagnari produz vinhos finos, modernos e encantadores  na região de Santos Lugares, Canelones. Administrada hoje por três gerações da família, esta vinícola uruguaia tem uma história dedicada ao cultivo da uva e produção de vinho que remonta à Itália de seus ancestrais. Ao longo desses anos, a família Stagnari tem dedicado sua vida, alma e paixão em descobrir os segredos da nossa terra e trazer os seus vinhos ao mundo que são o resultado do conhecimento que tem sido passado de geração em geração. Sua pequena produção é elaborada de forma artesanal pelas enólogas Mariana Menguzzi e Laura Casella. Nos vinhedos próprios, que parecem verdadeiros jardins, são cultivadas as seguintes variedades: Tannat, Merlot, Sangiovese, Cabernet Sauvignon, C. Franc, Syrah, Chardonnay e Sauvignon Blanc. A bodega adota práticas de agricultura sustentável e não utiliza irrigação artificial. Compre aqui.

 


Leia mais: Enogeeks: 25 produtos sobre vinhos que fazem sucesso nas redes sociais.


 Original Wine é sucesso com vinho orgânico, biodinâmico, natural e sustentável.

Original Wine
Na foto: Luciana, Ariadine, Marcos e Antonio.

Como foi dado o start da Original Wine?

A Luciana e o seu marido Marcos são grandes e verdadeiros amigos e o Antonio, meu marido. Eu e a Luciana nos conhecemos primeiro e já tomávamos vinho com amigas em comum que também são enófilas. Quando nossa amizade se estreitou, viajamos com nossas famílias e pudemos conversar mais sobre o assunto. Foi contando sobre esses vinhos para o Marcos que o convite dele para nos unirmos surgiu. Hoje eles fazem parte da nossa família e não poderia ter encontrado pessoas melhores para caminhar conosco nesta jornada.

Como começou sua paixão pelos vinhos?

A paixão por vinhos começou quando me formei sommelière mas foi ao tomar o primeiro gole desses vinhos orgânicos, biodinâmicos, naturais e sustentáveis que me apaixonei e a ideia da loja virou um sonho. No Brasil pouco se fala sobre esses vinhos de verdade, sem enganação, sem química e que realmente fazem bem para a saúde mas pretendemos mudar isto tornando esses vinhos mais acessíveis. Procurando saber mais sobre eles senti falta de lojas especializadas, e compartilhando meus interesses e ideias com grandes amigos surgiu a possibilidade de uma sociedade para a realização deste sonho.
.

Como é feita a curadoria dos vinhos?

Infelizmente o acesso a esses “vinhos de verdade” é restrito e as informações escassas. Portanto, fui persistente, pesquisei, tomei, ouvi e segui entusiastas sobre o assunto para conseguir selecionar nossos rótulos. Todos eles são vinhos que bebemos, beberíamos novamente e que somos apaixonados. Trabalhar com estes vinhos vai além de vender bebida alcoólica. Fizemos amizade com distribuidores e vinícolas, o que tornou a curadoria fácil e prazerosa. Aliás temos algo em comum, vemos esses produtores como artistas e respeitamos suas obras.

Vinhos biodinâmicos, naturais, sustentáveis e orgânicos na Original Wine

Ficou curioso e quer experimentar? As compras podem ser feitas diretamente no site www.originalwine.com.br

Leia mais: Acessórios para vinho! 30 produtos incríveis por menos de R$100,00